Dúvidas Frequentes

Tire suas dúvidas em nosso faq

O controle de inúmeras doenças como poliomielite, varíola, sarampo, rubéola, caxumba e tantas outras, foi obtido graças à utilização em larga escala de vacinas, que tem um papel fundamental na prevenção dessas e de outras doenças.

Essas doenças são mais fáceis de serem prevenidas do que tratadas. Formas graves de meningites, pneumonias, diarreias, hepatites podem ser prevenidos através da imunização.

Algumas destas vacinas precisam de doses de reforço, outras conferem imunidade por toda a vida.

É uma sequência cronológica de vacinas que se administram sistematicamente e cujo objetivo é obter uma imunização adequada da população contra as enfermidades para as quais se dispõe de vacinas.

Deve-se respeitar o número de doses, os intervalos e aplicação simultânea entre as diferentes vacinas do calendário.

A vacina é composta de bactérias ou vírus cultivados em laboratórios. Estes agentes são tratados para que percam o seu poder de contaminar, mas não a capacidade de estimular a produção de anticorpos que são os responsáveis pela defesa do corpo. Podemos utilizar microrganismos mortos, frações deles ou ainda vivos e atenuados.

Algumas vacinas mais atuais utilizam técnicas de engenharia genética, não se utilizando os microrganismos para confeccioná-las.

Uma vez que a vacina é aplicada, induz o organismo a produzir os anticorpos como se estivesse contaminado pelo agente, mas sem adoecer. A partir daí, toda vez que a pessoa entrar em contato com o “germe de verdade”, contra o qual foi vacinada, irá produzir os anticorpos e estará protegida. Para garantir a segurança e eficácia das vacinas, elas devem ser armazenadas a uma temperatura entre 2º e 8º C, conforme instruções do fabricante e normatização do Ministério da Saúde. As vacinas em nossas unidades são mantidas rigorosamente controladas em câmaras frias especiais para imunobiológicos com termômetros especiais e controle diário de temperatura.

Algumas vacinas importantes não são aplicadas na rede pública, embora sejam testadas, aprovadas e recomendadas pelas sociedades médicas. Meningocócica B e  Meningocócica A,C,W,Y são exemplos.

Outras, disponíveis na rede privada, já apresentam uma geração mais moderna, podendo ser aplicadas combinadas com outras vacinas reduzindo o número de injeções como as pentas e hexas acelulares.

Lembramos que os atrasos devem ser evitados, e sempre que possível às datas de retornos obedecidas. Eventuais pequenas antecipações ou atrasos não interferem na eficácia da vacina.

  • Gripe e resfriado são a mesma doença ?

Não. A gripe é causada pelo vírus da Influenza e provoca febre alta, dores pelo corpo que, freqüentemente, deixam o indivíduo acamado. A recuperação completa pode durar até uma semana e pode complicar com pneumonia e até matar, em alguns casos. O resfriado é causado por diversos outros tipos de vírus, têm sintomas parecidos porém muito mais leves, suaves e com menor duração. Ele pode cursar com tosse, dor de garganta, dor no corpo, coriza, etc.

  • Como a gripe é transmitida ?

A gripe é transmitida através de gotículas de secreção veiculadas pela tosse, espirro ou mesmo conversa com alguém infectado. O vírus penetra no organismo através das vias respiratórias. No centro do vírus está o material genético que invade as células, atingindo o núcleo, onde se duplica. Os fragmentos duplicados se apoderam de parte da célula atacada, formando novos vírus, em um processo que se repete milhares de vezes.

  • Vacina contra gripe imuniza contra resfriado ?

Não. A vacina contra gripe imuniza somente contra os surtos de gripe e não contra resfriados.

  • Como se pode evitar novos surtos de gripe ?

A OMS – Organização Mundial de Saúde – tem uma preocupação mundial a respeito da gripe, fazendo uma vigilância mundial do vírus influenza em mais de 80 países. O BRASIL também faz parte da rede integrada de vigilância contra a gripe.

  • A vacina contra gripe funciona ?

A Vacina contra gripe é eficaz em cerca de 89% dos casos, desde que tomada na época adequada.

  • A vacina contra gripe é segura ?

Ela é muita segura, sendo usada em todo o mundo e não dando reações colaterais graves.

  • Quando começa a fazer efeito a vacina contra gripe ?

Cerca de 7 a 15 dias após a vacinação  já começam a surgir os anticorpos que darão a proteção contra a gripe.

  • Por quanto tempo dura a imunização pós vacina ?

Como o vírus da gripe sofre mutação a cada ano,  o tempo de duração da vacina é de 1 ano.

  • A vacina contra gripe pode causar gripe ?

Não. A Vacina contra gripe é uma vacina inativada e fracionada, o que significa que os vírus estão mortos e replicados, não podendo se reproduzir dentro do organismo das pessoas vacinadas; no entanto, podem produzir uma resposta imunológica protetora.

  • Por que algumas pessoas mesmo a vacinação ficam doentes ?

A Vacina contra gripe protege da gripe, porém, não protege dos resfriados e de outras infecções que também ocorrem no inverno e tem sintomatologia semelhante. Devemos estar atentos ao fato de que cerca de 10% dos indivíduos vacinados podem ter gripe, porém, de uma forma  mais branda.

  • Quem pode ser vacinado ?

Todas as pessoas a partir de 6 meses de idade já podem ser vacinadas contra a gripe.

  • Quem deve ser vacinado ?

Todas as pessoas após os 6 meses de idade devem ser vacinadas, porém determinados grupos de risco cujas complicações secundárias são mais comuns e graves possuem preferência na vacinação. São eles:Indivíduos em uso de corticóide podem ser vacinados ? Sim, o uso de corticoterapia não impede a vacinação.

  • Idosos a partir dos 60 anos
  • Cardiopatas
  • Indivíduos com problemas pulmonares
  • Diabéticos
  • Indivíduos com AIDS
  • Renais Crônicos
  • Gestantes com qualquer idade gestacional
  • Profissionais de saúde
  • Contactantes com indivíduos de risco, para que estes não sejam transmissores da doença para seus familiares
  • A gripe é contagiosa ?

A Gripe é altamente contagiosa. Uma única pessoa pode contaminar todos as pessoas que trabalham no mesmo ambiente e que não foram vacinadas.

A composição da vacina é atualizada a cada ano, de acordo com os vírus circulantes, para garantir a eficácia do produto. A resolução está de acordo com as recomendações da Organização Mundial de Saúde (OMS) para o Hemisfério Sul. É proibida a utilização de quaisquer outras cepas de vírus em vacinas contra gripe.

Atendimento Home Care

Com a mesma qualidade e confiabilidade, a Vaccine Care vai até sua casa, escola ou empresa para vacinações individuais ou coletivas. Em sua residência a vacinação é realizada com total segurança e com qualidade garantida lhe proporcionando conforto e confiança. Verifique as áreas atendidas em cada unidade e consulte as taxas.